Coluna Take Me Home, United Road

Estudante de Economia, fã de futebol desde sempre e louco pelo Manchester United há mais de uma década. Admirador de times e jogadores aguerridos, que colocam a vida em campo em favor do seu clube e de sua torcida. Sonha e trabalha para incluir Old Trafford em sua rotina semanal.



A IMPORTÂNCIA DO SUCESSO DE RAFAEL
Por Henrique Toledo
12/10/2012

Rafael foi eleito o jogador do mês de Setembro no site oficial do Manchester United, em votação aberta para os torcedores. Com 48% dos votos, o lateral-direito superou principalmente Paul Scholes (que teve um excelente desempenho também, ficando com 44% dos votos). Aí você me pergunta: "E daí?". Sim, é só mais um prêmio de jogador do mês, mas é interessante parar pra pensar o que isso pode representar.

A lateral-direita é uma posição “em aberto” há algum tempo no United. Desde que Gary Neville começou a cair de rendimento, vimos alguns jogadores jogarem por ali, sem nenhum convencer do jeito que esperávamos. Brown, O’Shea, Danny Simpson, entre outros, e mais recentemente, Valencia, Smalling e Jones já foram usados ali, mas Sir Alex Ferguson tem em Rafael a grande esperança na posição.

A eleição popular, como se sabe, nem sempre reflete no real rendimento em campo. Costumo usar como exemplo a eterna comparação entre Mourinho e Guardiola. Muita gente vota no espanhol simplesmente por ele ter um ego menor que Mourinho, e o contrário também acontece. Não necessariamente quer dizer que tal técnico é melhor que outro, o carisma influi na votação.

Mas nem sempre isso acontece, e a vitória de Rafael sobre Paul Scholes é expressiva por causa disso. Desbancar uma lenda como Scholes (que jogou muito bem, diga-se de passagem) quer dizer que Rafael teve reconhecido o seu esforço demonstrado em campo, e que a torcida está atenta para isso.

Ver Rafael evoluindo cada vez mais é resultado da insistência (mais uma vez correta) de Ferguson em apostar nos jovens. Jogos irregulares e falhas naturalmente acontecem, e contribuem para o amadurecimento do jogador. Rafael é um exemplo claro disso. Hoje, prestes a completar 100 jogos com a camisa red devil, o brasileiro aos poucos vai evoluindo cada vez mais e tomando conta de vez da posição, pra suceder Gary Neville como todos os torcedores esperavam.

E ah, sabe quem ganhou a votação de gol mais bonito do mês? Sim, ele mesmo, Rafael e a pintura de gol que fez contra o Liverpool. Certamente Setembro vai ficar na memória do brasileiro.

Voltar

Som MaiorPUBLICIDADE