Com gol solitário de Rooney, United se classifica na FA Cup

Autor: Manchester United Brasil
Fonte: www.manutdbr.com

O West Ham definitivamente foi uma equipe que se mostrou disposta a dificultar a vida do Manchester United nessa edição da FA Cup. Após um empate nos últimos minutos contra o time de Londres na primeira partida, o United conseguiu vencer por 1x0 em Old Trafford e assegurou a classificação para a próxima fase da competição.

» O jogo

Como era de se esperar para um jogo em Old trafford, o United começou a partida mais presente no campo ofensivo, porém pecava pela falta de criatividade nos primeiros minutos, ficando preso à marcação adversária. Mas foi o West Ham que teve a primeira chance de marcar: aos 7 minutos Vaz Te recebeu livre na entrada da grande área, mas chutou fraco, permitindo a fácil defesa de Lindegaard.

Porém, no lance seguinte, os Red Devils responderam de forma mortal: Anderson acertou um passe perfeito, ainda do campo de defesa, para Chicharito que, sozinho dentro da grande área, passou para Rooney só empurrar pro fundo das redes.

Com o gol marcado, o jogo ficou mais travado no meio-campo, uma vez que o United não forçava mais tanto as subidas ao ataque e o West Ham não conseguia criar nada de realmente perigoso para a defesa Red Devil. Desse jeito, o jogo só voltou a ter alguma emoção aos 28 minutos quando, após bola levantada na área, Nani arriscou um chute cruzado e a zaga conseguiu tirar a bola em cima da linha. Na sequência do lance, Rooney arriscou um cabeceio, mas Jaaskelainen fez a defesa. Tirando alguns ataques mais perigosos do United, esse panorama manteve-se até o final do primeiro tempo.

» Segundo Tempo

Os primeiros minutos da segunda etapa foram marcados pela forte movimentação das duas equipes, mas o United, já aos 48 minutos, teve a grande chance de ampliar o placar: Rafael tentou o passe para Chicharito, a zaga cortou mal e o mexicano apareceu sozinho na grande área, porém o chute acabou indo pra fora.

Após esse lance, o West Ham passou a se mostrar mais presente no campo ofensivo, tentando o gol de empate e dificultando os avanços Red Devils. Esses ataques assustaram mais em uma jogada aos 60 minutos, quando Taylor ficou livre na grande área e, ao invés de tocar pra Cole, decidiu chutar, mas Rafael evitou o gol.

A partida seguiu mais equilibrada nos minutos seguintes, sem grandes chances para nenhuma das equipes. Isso mudou apenas aos 78 minutos, quando Giggs fez boa jogada pela esquerda e cruzou.A bola bateu no braço de Spence e o árbitro assinalou o pênalti. Porém, na cobrança, Rooney simplesmente isolou a bola, desperdiçando mais uma oportunidade de decidir logo o jogo.

» Avaliação dos jogadores

Lindegaard – Não teve muito o que fazer na partida. Fora alguns erros na reposição de bola, não comprometeu - 6

Rafael – Apareceu em vários momentos no campo ofensivo, além de não ter comprometido na parte defensiva. Bom jogo - 7

Jones – Sem grandes destaques. Não foi tão seguro, mas conseguiu evitar os ataques do West Ham – 6.5

Smalling – O mesmo que Jones, basicamente – 6.5

Buttner – Descuidou-se da parte defensiva em alguns momentos do jogo, mas, de todo jeito, não foi mal – 6.5

Valencia – Mais uma partida bem razoável do winger. Fez suas típicas jogadas pela direita e nada mais - 6

Anderson – Provavelmente ainda não está na sua melhor forma física. Mesmo assim apareceu muito bem no jogo de hoje, distribuindo bem a bola e movimentando-se bastante – 7.5

Giggs – Mostrou uma dedicação louvável na parte defensiva, além de ter acertado diversos dribles e passes extremamente técnicos ao longo do jogo – 8.5

Nani – Partida razoável com alguns bons momentos, mas uma participação abaixo das expectativas – 6.5

Rooney – Fez o gol da vitória e desperdiçou um pênalti, mas acabou contribuindo bem para a vitória – 7

Chicharito - Tirando as inúmeras vezes que ficou impedido, apareceu no momento certo para ajudar no gol de Rooney – 6.5

» Substituições

Carrick (Anderson) – Entrou e praticamente não pegou na bola, ficando retido na marcação – 5.5

Scholes (Nani) – Não participou o suficiente para ser avaliado

Por Matheus Pimentel

Som MaiorPUBLICIDADE